Francesinha e o molho (by Joe Best)

Abr 29, 2011 by

Há vinte e tal anos atrás, fui convencido a ir para o Porto, por uns colegas e amigos de trabalho do Algarve, com quem vivi e convivi durante alguns anos.
O objectivo era ir para lá ficar a trabalhar, no Brasília Clube, “bataclan” muito famoso na altura e com grandes espectáculos de cabaret. Fui morar para a rua do Lidador, rua onde morava a maior parte do staff da discoteca Summertime, em Vila Magna – Montechoro. Eram quase todos do Porto, à excepção do Simão, o DJ, que era de Mogadouro e da barmaid escocesa Michelle Peters, que ia à pastelaria pedir “pastro panapas”, a sua tradução livre para pastéis de nata.

Na adaptação à cidade, comecei a ser encaminhado para os templos gastronómicos da altura… Capa Negra, Cufra e por aí fora.
E desenvolvi o gosto, tal como tanta e tanta gente pelas francesinhas. Aqui fica o molho que criei para as minhas… porque a receita ninguém ma deu. Apenas algumas dicas.


A francesinha, foi criada por um emigrante português em França regressado à sua terra natal, o Porto, decidindo adaptar o Croque Monsieur à gastronomia local. Reza a história que esta especialidade surgiu na década de 60, pelas mãos do português Daniel Silva.

Agora, por ocasião de ter sido considerada pelo AOL Travel uma das 10 melhores sandwiches do mundo, revelo aos meus seguidores o molho que criei no princípio de 1988, quando voltei do Porto. Foram as saudades…

Ingredientes para o molho

  • 1/2 pacote de sopa de cebola
  • 1/2 pacote de creme de marisco
  • 250 ml de cerveja
  • 250 ml de vinho branco
  • 125 ml de polpa de tomate
  • 125 ml de água
  • 1 colher de sopa de boa mostarda
  • 1 malagueta (ou mais, a gosto)
  • 2 dentes de alho bem moidos

Juntar os ingredientes e deixar ferver e reduzir.
Quando estiver bem cozido e começar a engrossar, passar a varinha mágica.

Para cobrir o pão depois de dispor o recheio desejado, lembrando que os ingredientes clássicos são a linguiça, a salsicha fresca, um prego ou bife e fiambre, use um queijo que derreta bem e em quantidade generosa.

Pode inovar ou variar recheios, tais como trocar a carne de vaca por carne branca introduzir ou não, cogumelos e outros ingredientes.


Divirtam-se e deliciem-se.

Take my love,

Joe Best

9 Comments

  1. Joaquim Faias

    Excelente a ideia de juntar os dois tipos de cebola. Há quem faça com pão bijou. Tb gosto. Por vezes faço aqui em casa e no molho adiciono um cálice de whiskey. Qdo faço, é para aproveitar restos de lombo assado (em vez do bife). Apesar da alegada falta de qualidade das fotos, fazes-me voltar a ter vontade de as fazer aqui pró burgo. Todos gostamos. :)) obrigado.

  2. anabela martins

    A melhor francesinha que comi até hoje, foi no Cafe Amandius , em Sta M. da Feira, o molho e divino, não é a toa que vendem 2.000 nas sextas feiras a noite. Posso dar uma dica? Coloque salsichas de lata no molho e dps triture tudo ;-)

    • José Besteiro

      Obrigado Anabela.
      Por ler e pela dica, de certeza que quem lê, vai fazer assim também. Conheço muitas variantes e também já foi sugerida a sopa de rabo de boi como base.

      Cumprimentos,
      JoeBest

  3. Joaquim Faias

    Os dois tipos de cebola significava” os dois tipos de sopa” :) estamos escravos de correctores!

    • José Besteiro

      Mestre, percebi perfeitamente.
      Ainda bem que gostaram, qualquer coisa, mesmo para ti que já crias e improvisas largo na tua própria DaCozinha, chama por todas as vias necessárias!

      Cumprimentos para todos,

      JB

  4. Ricardo Ribeiro

    Este molho de francesinha já está na calha para ser feito um destes dias,depois reporto como correu ;)

  5. joao pedro

    excelente

  6. Marcelo Barros

    Tenho uma receita que criei com base noutras na Internet, mas normalmente faço grandes quantidades de molho que acabo por não gastar.
    Ainda no outro dia fiz um molho com sopa de marisco, só que hoje não tenho aqui em casa sopa de marisco, mas de qualquer maneira vou experimentar esta tua receita, esta bem simples e para duas pessoas acho que esta perfeito.

    Cumprimentos.

  7. Nuno Ramos

    Em vez de sopa de cebola, já usei sopa de rabo de boi. Também fica excelente.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cozinha básica para solteiros, aprendizes e inexperientes: Carne assada | DaCozinha - [...] opção, mais ousada, para principiantes é fazer o molho de francesinha conforme a receita lá descrita e deitar sobre …
  2. Francesinha daCozinha , edição IV | DaCozinha - [...] Jan 11, 2012 by José Besteiro Sábado, 14 de Janeiro, 21 horas , mais uma jantar de francesinhas daCozinha. …

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>