Salada Paraíso Terra e Mar

Mai 21, 2011 by

Estas viagens ao pôr do sol da Foz do Lizandro, tão frequentes, fazem com que até o vento na cara, o vento que me bate na cara com a janela do carro aberta, me lembre o vento na cara… de menino. Nessa altura, apesar de morarmos em frente ao mar, na Costa de Caparica, o meu pai raramente lá ficava nos tempos livres. E um dos destinos era esta Foz, a do rio Lizandro. Adoro o postal que fica num final de dia…

Pôr do Sol na Foz do Lizandro

Desta vez, o objectivo da visita ao Paraíso, era uma caminhada até à Ericeira, de âmbito desportivo e a seguir, a criação de uma salada, para o grupo dos caminhantes.

Pedi para comprarem rúcula, espinafres frescos e queijo ricotta. Trouxeram ricotta nacional, dois requeijões de Seia, frescos e bons. Pensei misturá-los com um pouco de maionese e juntei um godé de paté de marisco, só para prestar homenagem ao mar em frente. Preciosismos…

Estava criado o dressing. Era só juntar um fio de azeite, espremer uma lima e uns riscos de glace balsâmica no final. O improviso está sempre dependente dos ingredientes disponíveis, por isso, um pimento amarelo depois de assado, juntou-se à salada, como topping.

Ricotta temperado
Esta quantidade deu para 4 adultos comerem muito bem e ainda sobrou. Adapte as quantidades à sua necessidade e numero de comensais.

Ingredientes:

  • 1 embalagem de espinafres frescos
  • 1 embalagem de rúcula selvagem (a mansa não tem aquele crunch apimentado)
  • 1 alface pequena
  • 1 pimento amarelo (ou verde, vermelho ou laranja)
  • 1 lima
  • 2 requeijões de Seia
  • Sementes de girassol caramelizadas (opcional)
  • 2 colheres de sopa de maionese
  • 1 godé de paté de marisco
  • Sal (flor) e pimenta QB
  • Azeite para pingar
  • 2 folhas de salva
  • 2 folhas de manjericão
  • Glace balsâmica

Modo de preparar:

Primeiro assar o pimento, pôr dentro de um saco plástico que não esteja furado e deixar suar por 10 minutos. A pele do pimento empola e torna-se mais fácil pelar. Isto evita passar o pimento por água, que lhe tira todo o sabor. Quando estiver pelado, elimine todas as partes brancas internas, que provocam má digestão e corte em tiras finas, para enfeitar a travessa.

Fazer as lavagens e preparação dos legumes, se forem 4ª gama não precisam de ser lavados e arranjados, uma vez que se encontram prontos a comer. Cortei a alface em juliana fina, podem apenas ripar as folhas. Deixemos isso ao vosso gosto.
Juntar tudo num alguidar ou saladeira e misturar. Reservar.

Numa tigela, misturar o requeijão com a maionese e o paté de marisco. Salpicar de sal marinho ou flor de sal e moer pimenta preta. Picar metade das folhas aromáticas, reservar o resto para decorar. Pingar com azeite bom e deixar tudo bem emulsionado.

Para servir, deitar o mix de verduras para uma travessa, fazer montes da mistura de requeijão e espalhar generosamente ao longo da travessa, salpicar com as sementes, voltar a pingar de azeite, enfeitar com as tiras de pimento e terminar com uns riscos de glace balsâmica. Se não usar com frequência, usar o que mais gostar. Espremer um pouco de lima ou vinagre de vinho tinto, por exemplo.

Salada Paraíso Terra e Mar

Salada Paraíso Terra e Mar
Apesar da noite ser para desportistas, esta salada foi acompanhada com cerveja. Porque é diurética, pois está claro!

Bom apetite, espero que gostem.

Take my love,

JoeBest

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>