Salada Serra da Estrela

Jun 17, 2011 by

Aborrece-me bastante sempre que há uma crise com alimentos. A sério. Quando era mais novo, pensava que eram grupos de poder e de pressão que arranjavam “crises” com as  aves, com a peste suína, com  os ovinos e a brucelose… depois dos nitrofuranos, das vacas loucas, da gripe das aves, pensei: “bom, o mundo científico vai vacinar esta animalada toda”… e realmente não tem havido grande problema. Mas com esta onda de alarmismo, a saga dos legumes que ora são espanhóis, ora foi o holandês, ora são germanas germinações… aborreci-me, mais uma vez. E com vítimas mortais bate mais fundo.

Sou um maluquinho com os ingredientes e com a qualidade, esta paixão pela comida é uma faca de muitos (le)gumes. De certeza que as pessoas que morreram contaminadas com e.coli também pensaram que tinham coisas boas para comer no prato. E não tinham, o que pode acontecer a qualquer um. Apesar de tudo, fui aos legumes e como sempre, dei prioridade aos produtos portugueses. Estamos em altura de criar saladas, por isso, passaram-me várias ideias pela cabeça, mas foi sem medos que me lembrei de criar esta combinação.

Mise en Place Salada Serra da Estrela

A escolha dos legumes era simples, escolhi alface frisada e tomate chucha. O molho foi criado em casa, também. Mel balsâmico, que resultou muito bem.

Ingredientes:

Salada (quantidade por pessoa, a seu gosto)

  • Alface
  • Tomate
  • Abrunho (apeteceu-me introduzir um elemento mais ácido, mas ao mesmo tempo doce)
  • Cebolinho
  • Manjericão (uma folha grande para decorar), opcional
  • Flor de sal
  • Pimenta preta
  • Requeijão de ovelha
  • Presunto serrano, desfiado grosseiramente

Molho (por pessoa)

  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de vinagre balsâmico
  • 2 colher de sopa de mel serrano

Juntar e bater bem todos os ingredientes. Reserve.

Modo de preparação:

Faça as lavagens dos vegetais, como habitualmente.

Separe as folhas de alface, junte algumas, forme um rolo e corte em juliana muito fina. Reserve.

Descasque o tomate chucha, corte em cubos ou dados. Reserve.

Bata ligeiramente o requeijão de modo a torná-lo numa pasta consistente e compacta. Faça bolas como se fossem de gelado, uma por pessoa. Reserve.

Faça a montagem da salada conforme fotos ou a gosto. Ponha no cimo da alface a bola de queijo, corte o cebolinho em pedaços de 3 ou 4 cm. e ponha em cima do queijo.

Disponha o tomate à volta, faça o mesmo com o presunto, já desfiado.

Polvilhe de flor de sal, pimenta moída na hora e regue com o molho de mel balsâmico.

Espete uma folha de manjericão bem fresco no queijo.

A decoração no canto superior esquerdo é uma folha de alface enrolada com um pouco de queijo, cebolinho e pingada de molho, espetada numa peça de tomate e meio abrunho sem caroço.

Salada Serrana

Salada Serra da Estrela

Variante de Inverno:

Substitua o requeijão de ovelha, por uma fatia de queijo chèvre semi derretida, abra uma cratera na alface, ponha uma tosta ou torrada, o queijo por cima e salpique com nozes. Outro ingrediente que assenta muito bem nesta receita é a rúcula selvagem, com o seu característico traço apimentado. A versão de Inverno também fica  muito boa e mais “confortável”, para a estação do frio.

Mais fotos na página do Facebook DaCozinha

Espero que gostem.

Take my love,

JoeBest

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>