Gambas no espeto mascaradas para o Halloween

Out 15, 2012 by

Fiz um upgrade à receita antiga dos  camarões panados com corn flakes. O resultado foi muito bom e fiz numa festa na Aroeira para 30 pessoas, numa sessão de Um chef em sua casa…aprovados com distinção!!

 

 

 

Marinada

  • 60 lombos de camarão grandes, de preferência Moçambique, Madagáscar ou gambão da Argentina
  • sumo de 1 lima e zest da mesma
  • chá preto da Gorreana, à venda no Espaço Açores
  • 1 colher de chá de gengibre
  • 1 colher de chá de citronella
  • uma colher de sopa de molho de soja japonês

Fazer um chá preto Gorreana bem forte. Reservar e arrefecer.

Esmagar num almofariz o gengibre e a citronella para libertar o máximo de aromas.

Juntar o sumo da lima, a soja e o chá preto. Deixar infundir tudo e com a ajuda de um coador regar os camarões.

 

Polme

  • 2 ovos
  • 125 gr farinha de trigo
  • 125 gr milho dos Açores (ligeiramente granulada)
  • 125 ml água c/gás gelada
  • 125 ml leite gelado
  • 1 colher chá bicabornato
  • 1 colher chá fermento em pó
  • sal q.b.

Levar tudo ao robot de cozinha e processar. Reservar os preparados no frio.

 

Para panar (e fritar) os camarões

  • flocos de aveia, pequenos e regulares
  • ( 30 espetos de madeira )
  • óleo abundante – a cocção é deep fried

Ligar a fritadeira, regulando o termostato a 170º (temperatura ideal e de segurança) ou levar a frigideira com óleo abundante ao lume, tendo em atenção que o óleo pode aquecer demasiado e depois queima por fora e não frita por dentro…havendo termómetro, convém medir.

 

 

Espetar 2 camarões, passar pelo polme, deixar escorrer um pouco para retirar o excesso e passar os 4 lados pelos flocos de aveia.

Fritar, cerca de 3 minutos e escorrer em papel pardo ou rolo de cozinha.

 

 

Espetar numa abóbora, esculpida ou não e fazer um centro de mesa cheio de pinchos deliciosos, para picar!

 

 

 

O resultado ontem, foi este…

 

 

Sugestão:

Acompanhar com uma maionese de citrinos. Reduzir o sumo de uma laranja e o sumo de uma lima, tirar o zest de ambos e misturar tudo com uma maionese de azeite e pingada depois com Licor de Tangerina, dos Açores .

Salpicar com sal negro, do Hawai e servir.

 

Take my love, go grab some pumpkins!

Joe Best

 

 

 

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>