(o) Joe Best

(o) Joe Best

O Cidadão:

José Besteiro, colheita de 66, casado, 2 filhos.

A Alcunha:

No final dos anos 90, num programa de rádio na margem sul do Tejo, tinha uma comunidade radiofónica onde dava dicas e conselhos de cozinha à segunda feira aos ouvintes. Todos tinham “nickname”. Primeiro ficou Joe (de Zé) Besteiro. Depois rápidamente o apelido ficou cortado ao meio. Hoje em dia todos lhe chamam Joe Best.

O Profissional:

Cozinha de autor. 33 anos no mercado do food&beverage.

Criador das suas próprias receitas e regras de cozinhar, na sua forma mais empírica, autodidacta, estudioso e curioso de todo o universo da comida, sempre na procura de novas criações a partir de ingredientes que movem e despertam paixões, mas também na busca incessante de proteínas, ervas, raízes, frutos e vegetais mais desconhecidos do grande público. Procura a excelência na arquitectura do sabor.

Estabeleceu com a cozinha da sua mãe, desde os seus 8 anos e profissionalmente na década de 80, uma relação de profunda paixão e entrega, criando assim a sua segunda pele. Isto apesar de cozinhar desde muito cedo de forma regular.
Regressou à escola aos 44 anos para lhe serem averbadas competências na área, conseguindo que as mesmas fossem certificadas com diploma legal, vendo assim reconhecido o seu árduo trabalho de 30 anos em prol do bom serviço e gastronomia, para nacionais e estrangeiros.

Como diz um amigo –  “Joe, tens uma panela de pressão no cérebro!”

 

Ana Besteiro